17:40:00

Coelho

by , in
Foto: Exame¹

Todos os esportes utilizam uma certa linguagem própria e com a corrida de rua não é diferente. Termos como pace, altimetria, quebrar, pelotão, etc, são muito comuns no meio dos corredores, apesar disso, em poucos treinos e conversas qualquer novo corredor é capaz de entender essa linguagem peculiar.

Em uma das modalidades de corrida de cachorro, é utilizado um coelho mecânico, fazendo com que os cachorros corram atrás dele, afim de dar mais ritmo e velocidade à corrida. Tendo o mesmo princípio, surge mais um termo na corrida de rua, o coelho.

Assim como na corrida de cachorro, o coelho é utilizado nas corridas de rua para dar ritmo à corrida. Nesse caso porém, os coelhos são atletas profissionais, também conhecidos como pacers ou marcadores de ritmo, contratados por organizações ou equipes, para manterem um determinado ritmo, durante um determinado trecho da prova, ajudando os atletas profissionais a controlarem a velocidade e muitas vezes, quebrarem recordes.

Além de controlar o ritmo e ser um estímulo para o atleta que está atrás, outro motivo positivo para o sucesso na utilização dos coelhos é “que a resistência do ar diminui a velocidade dos corredores mais rápidos. Estudos sérios com túnel de vento sugeriram que ficar atrás de outro corredor permite a um atleta de elite correr por até 100 segundos mais rápido em 42km”² e nós corredores, profissionais ou amadores, sabemos a importância e a diferença que faz cada segundo.

Geralmente, em uma maratona, os coelhos não correm mais do quem 32 km, abandonando assim a corrida, porém, já houve casos em que o coelho não só concluiu a corrida, como também venceu. Em 1994, o nosso tão conhecido Vanderlei Cordeiro de Lima, foi convidado para ser coelho na Maratona de Reims, na França, ele deveria abandonar a prova nos 21 km, porém, se sentindo bem e com autorização da organização continuou a corrida e acabou vencendo.

Apesar de serem bastante comuns em muitas maratonas, algumas organizações, como as Maratonas de Nova York e de Boston, não só não aprovam a atitude de utilizar um atleta para puxar ritmo, como proíbem tal ato durante as suas competições, acreditando ser uma afronta ao espírito esportivo.

Embora os coelhos sejam frequentemente utilizados em maratonas, eles também estão constantemente presentes em Meias Maratonas ou até mesmo em provas mais curtas.

Tirando o foco do mundo profissional, no meio amador, atletas mais experientes ou mais velozes, são utilizados pelas equipes para incentivarem os outros corredores a atingirem novas marcas e recordes pessoais. Fazer alguns treinos com alguém mais rápido que você, pode além de te estimular, trazer grandes resultados.


https://corridanossadodiaadia.blogspot.com.br/2017/11/camisetas.html

_____________________________
18:11:00

2ª Corrida/Caminhada Franceschi

by , in

No último sábado, a equipe Top Team, participou em grande número da Up Night Run em Paulínia, corrida que teve percursos de 5 e 10 km e foi marcada por muita chuva, tornando a prova ainda mais cansativa, mas em momento algum menos alegre e divertida, como, no final das contas, tem que todas as corridas. 

O difícil trajeto e cansaço, não foram impedimentos para que no dia seguintes grande parte desses corredores estivessem presentes na corrida e caminhada realizada pelo Laboratório Franceschi, no Parque do Taquaral em Campinas. Essa foi a sua 2ª Corrida e Caminhada organizada pelo Laboratório e desta vez teve um duplo objetivo, o primeiro deles, reforçar a conscientização à prevenção ao câncer de mama e ao câncer de próstata, o já tão conhecidos, Outubro Rosa e Novembro Azul. O segundo objetivo era dar continuidade ao projeto de qualidade de vida dos seus colaboradores, projeto este, que teve início no começo do ano e vem trazendo resultados positivos a cada dia, trazendo mais adeptos ao esporte e principalmente, melhorando consideravelmente a vida dos participantes. 

A iniciativa desse evento foi da Laura Prado, que contou com o apoio da educadora física Eloiza Silva na idealização e organização. Contou ainda com a parceria da A Academia, que ajudou na redução dos custos, além de claro, a parceria com a equipe Top Team. 

O evento contou com pouco mais de 90 pessoas, além de integrantes da equipe Top Team Paulínia, como já mencionado, estiveram presentes colaboradores do Laboratório Franceschi, familiares e amigos, que se dividiram em percursos de 5 e 10 km, para corrida e caminhada, onde os atletas mais experientes buscaram orientar e incentivar os mais novos durante todo o trajeto. O evento, contou ainda com um café da manhã com frutas, bolo, suco, etc., além de aquecimento e alongamento realizado sob a orientação da Eloiza. 

O evento teve um saldo positivo, conseguindo levar a mensagem de conscientização às prevenções, dando continuidade ao projeto de qualidade de vida e iniciando novas pessoas em um mundo menos sedentário e mais saudável. Ao final foram só elogios, agradecimentos e planos de futuras atividades e de uma vida melhor. 

Nós da Top Team não poderíamos deixar de fazer agradecimentos especiais a aqueles que muito colaboraram com a realização do evento, o próprio Laboratório Franceschi, A Academia, NutriEnergy, Wizard Paulínia, Carlos Chaveiro e Celso Frutas, e também aos professor da equipe Top Team, Nilson e ao integrantes, Sérgio, Giovana, Celson, Valter, Juari e Du que ajudaram em toda a logística, montagem, distribuição de água, etc., por fim e não menos especial, um mega agradecimento a todos que participaram, sem vocês o evento não seria tão perfeito.


01:15:00

Camisetas

by , in
Camisetas Corrida Nossa do dia a dia! DryFit (100% Poliamida)
R$39,90 + Frete
Faça seu pedido pelo e-mail: corridanossadodiaadia@gmail.com ou pelo link: https://goo.gl/VNGm2X
Primeira remessa prevista para 30/11


Tamanhos disponíveis P, M, G e GG


Tamanhos disponíveis P, M, G e GG


Tamanhos disponíveis P, M, G e GG

19:05:00

Madonna Buder

by , in

Foto: Globo Esporte¹
Nem sou capaz de contar quantas vezes já ouvi pessoas afirmarem não começar a correr por serem velhas demais para isso, como se em algum lugar estivesse escrito que para começar a correr precise ter apenas 20 anos. A cada dia vejo mais e mais pessoas adotando o esporte como estilo de vida e mostrando que esse pensamentos não passam de desculpas reconfortantes para quem a utiliza. Hoje, venho compartilhar justamente a história de uma mulher que começou a correr com quase 50 anos, mas isso não é nem de perto o mais emocionante da sua história.

Seu nome é Madonna Buder. Hoje, aos 87 anos de idade, a Sister Madonna, como é conhecida no mundo esportivo, coleciona histórias, curiosidades e conquistas. Para ela, as difíceis decisões da vida começou logo cedo, quando aos 14 anos decidiu se tornar freira, contrariando sua própria família, mesmo assim, aos 23 anos entrou para o convento.

Em meio a sua vida religiosa, aos 48 anos, por indicação de um padre, teve o seu primeiro contato com a corrida e desde então nunca mais abandonou o esporte, ao contrário, só aumentou a prática esportiva. Já utilizava a bicicleta como meio de transporte, então foi unir o útil ao agradável. Pouco tempo depois, através do incentivo de amigos, decidiu começar a praticar também natação e com isso o triathlon. Desde então, já foram mais de 350 provas, dentre elas mais de 45 Ironmans (3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida), o que acabou lhe rendendo o apelido de “Freira de Ferro”.

A trajetória da Sister Buder não é marcada só por flores, no meio do caminho enfrentou muitas lesões, algumas delas graves. Já sofreu lesões dias ou semanas antes de competições importantes e até mesmo nas próprias provas, obrigando-a a abandoná-la, como por exemplo, em 1986, quando fraturou o pé faltando apenas 13 km para o final do Ironman na Austrália. Apesar disso, dedicação, força de vontade e perseverança sempre foram o seu forte, com isso, as marcas e recordes conquistados se tornaram hábitos. Uma de suas principais conquistas, foi em 2005, já com 75 anos, quando participou do Mundial do Ironman pela primeira vez, completando a prova em 16 horas e se tornando assim, a mulher mais velha a completar a prova. Coleciona ainda outros prêmios categorias e já "obrigou", inclusive, organizações a criarem novas categorias de faixa etária. 

Ainda hoje, ela continua treinando, correndo, pedalando e nadando, buscando novas marcas e conquistas, mostrando para si e para o mundo que não tem idade para começar e não tem idade para parar, que nós somos reflexos dos nossos sonhos e de nossas lutas. 

Quando escuto alguém dizer que não pode fazer tal coisa porque está velho, costumo dizer que não saberia o que fazer se nunca mais pudesse correr”² - Madonna Buder²

_________________
Referências:
18:00:00

Calendário de Corridas de Rua - Campinas e Região 2018

by , in
 Atualizado em 20 de Novembro de 2017

As corridas incluídas e/ou atualizadas recentemente estão com títulos em vermelho
Link para o Calendário 2017

Janeiro

Corrida do Exército
Data: 14/01/2018 - 08:00
Local: Itu
Inscrição: A partir de R$ 69,00
Distâncias: corrida 5 e 10 km, caminhada 3 km
Site Oficial: Clique aqui

3ª Corrida Desafio do 19i
Data: 14/01/2018 - 07:00
Local: Americana
Inscrição: R$ 89,00
Distâncias: corrida 5, 10 e 19 km, caminhada 5 km
Site Oficial: Clique aqui 

X Corrida Cel. PM Pedro Dias de Campos
Data: 21/01/2018 - 08:00
Local: Sorocaba
Inscrição: R$ 65,00
Distâncias: corrida 7,7 km
Site Oficial: Clique aqui

2ª Corrida Rústica de Indaiatuba
Data: 21/01/2018 - 08:00
Local: Indaiatuba
Inscrição:A partir de R$ 39,00
Distâncias: corrida 6 e 12 km, caminhada 3 km
Site Oficial: Clique aqui

4ª Eco Run Club
Data: 21/01/2018 - 08:00
Local: Itatiba
Inscrição:A partir de R$ 75,00
Distâncias: corrida 5 km, caminhada 2,5 km
Site Oficial: Clique aqui

Circuito Band Corre Campinas
Data: 28/01/2018 - 08:00
Local: Campinas
Inscrição:A partir de R$ 79,00
Distâncias: corrida 5 e 15 km
Site Oficial: Clique aqui

Corrida de Montanhas - Etapa Maromba
Data: 28/01/2018 - 08:00
Local: Mairiporã
Inscrição: A partir de R$ 140,00
Distâncias: corrida 8, 12 e 19 km
Site Oficial: Clique aqui



Fevereiro


10K Beer Campinas
Data: 03/02/2018 - 15:00
Local:Campinas
Inscrição: Em breve
Distâncias: corrida 10 km
Site Oficial: Clique aqui

Corrida Rústica
Data: 04/02/2018 - 08:00
Local: Jundiaí
Inscrição: A partir de R$ 38,90
Distâncias: corrida 5 e 10 km, caminhada 2 km
Site Oficial: Clique aqui 


2ª Corrida Carnaval da Cores
Data: 11/02/2018 - 16:00
Local: Votorantim
Inscrição: R$ 49,00
Distâncias: corrida 5 km, caminhada 1 km, corrida kids
Site Oficial: Clique aqui

2ª Corrida e Caminhada Shopping Taboão
Data: 18/02/2018 - 07:30
Local: Taboão da Serra
Inscrição: A partir de R$ 69,00
Distâncias: corrida e caminhada 6 km
Site Oficial: Clique aqui



Março

Corrida Novo Tempo
Data: 11/03/2018 - 08:00
Local: Jacareí
Inscrição: A partir de R$ 45,00
Distâncias: corrida 6 km, caminhada 3 km
Site Oficial: Clique aqui

Igaratá 23K
Data: 18/03/2018 - 08:15
Local: Igaratá
Inscrição: A partir de R$ 77,00
Distâncias: corrida 10 e 23 km
Site Oficial: Clique aqui

10K Barueri
Data: 18/03/2018
Local: Barueri
Inscrição: R$ 65,00
Distâncias: corrida 5 e 10 km
Site Oficial: Clique aqui 

5ª Corrida e Caminhada Anoscar
Data: 25/03/2018
Local: Osasco
Inscrição: R$ 55,00
Distâncias: corrida 4 e 8 km, caminhada 4 km
Site Oficial: Clique aqui




Maio

Ultra Desafio
Data: 05/05/2018 - 09:00
Local: Morungaba
Inscrição: A partir de R$ 195,00
Distâncias: corrida 11, 25, 50 e 75 km (solo e dupla)
Site Oficial: Clique aqui

Night Run - Etapa Nitro
Data: 19/05/2018 - 20:00
Local: Campinas
Inscrição: A partir de R$ 94,99
Distâncias: corrida 5 e 10 km
Site Oficial: Clique aqui



Junho

9ª Volta da União
Data: 10/06/2018 - 07:00
Local: Osasco
Inscrição: A partir de R$ 70,00
Distâncias: corrida 4 e 9 km
Site Oficial: Clique aqui

9ª Corrida Turística
Data: 24/06/2018 - 07:30
Local: Piracicaba
Inscrição: A partir de R$ 80,00
Distâncias: corrida 5,5 e 10 km
Site Oficial: Clique aqui



Julho

Corrida de Montanhas - Etapa Pedra Grande de Atibaia
Data: 22/07/2018
Local: Atibaia
Inscrição: A partir de R$ 140,00
Distâncias: corrida 7, 9 e 21 km
Site Oficial: Clique aqui



Agosto


Ultra Marathon 24hrs Run
Data: 25 e 26/08/2018 - 09:00
Local: Campinas
Inscrição: A partir de R$ 230,00
Distâncias: 12 e 24 horas de corrida (solo e quarteto)
Site Oficial: Clique aqui 



Outubro

Corrida no Limite - 2ª Etapa - Roma
Data: 07/10/2018 - 08:00
Local: Itupeva
Inscrição: A partir de R$ 99,00
Distâncias: corrida 4, 8 e 12 km
Site Oficial: Clique aqui

*As datas podem sofrer alterações

*As demais informações serão atualizadas quando confirmadas pelas organizações

*As inscrições têm valores diferenciados para pessoas acima de 60 anos

*Caminhadas costumam ter valores diferenciados, no calendário consta apenas valores das corridas
16:33:00

Outubro Rosa

by , in



O Outubro Rosa já se tornou um mega movimento de conscientização à prevenção ao câncer de mama, com as mais variadas manifestações em todo o mundo. O câncer de mama, está entre as doenças que mais atingem mulheres em todo o mundo, principalmente após os 35 anos.

Em prol da causa e da conscientização da realização de exames, empresas mudam logos, fazem propagandas, times (em diversos esportes) mudam uniformes e claro, corridas são realizadas no mundo inteiro, fazendo referência ao Outubro Rosa. Porem, o que poucas pessoas sabem, é que o Outubro Rosa começou justamente com uma corrida.

Em 1990, a Fundação Susan G. Komen for the Cure, realizou em Nova York, a primeira Corrida pela Cura (Race for Awareness), onde distribuiu para todos os participantes um laço cor de rosa, símbolo que segue até hoje, como sinônimo da prevenção ao câncer de mama. Desde então, em todos os anos a corrida foi realizada, mas foi em 1997 que a campanha começou a ganhar folego, quando entidades das cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram a aderir à campanha, realizando ações voltadas para a causa. Foi então que começaram a enfeitar a cidade com laços rosas e eventos foram realizados para esse fim, como desfile de moda com mulheres que tiveram a doença, corridas, partidas de boliche, etc.

No Brasil, a primeira iniciativa ocorreu no outubro de 2002, onde o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, conhecido como Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo (SP), foi todo iluminado de rosa, através de uma iniciativa de mulheres simpatizantes com a causa e de empresas que abraçaram a ideia.

Aqui no Brasil, a exemplo dos Estados Unidos, desde o primeiro ato, em todos os anos a campanha ganha mais e mais adeptos, focados em “compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade”¹, tudo isso é feito, por exemplo, através das diversas propagandas, nos mais variados meios de comunicação, com explicações e incentivos aos exames de prevenção, mutirões de mamografia em várias cidades de todo o país e muita corrida, que a cada ano cresce consideravelmente, tanto em quantidade de corridas, quanto de participantes, sempre voltados para a causa, muitas inclusive, com o dinheiro das inscrições destinadas a ONGs e instituições que buscam a prevenção e tratamento da doença.

Cada vez mais, a corrida, vem desempenhando um grande papel no nosso dia a dia, sendo capaz de mover e comover as pessoas em atitudes como estas, além de trazer inúmeros benefícios para o corpo e para a mente.

______________________
Referências:

1 - http://www.inca.gov.br/outubro-rosa/outubro-rosa.asp
http://www.outubrorosa.org.br/historia.htm
http://www.pink-october.org/
https://www3.hermespardini.com.br/pagina/1091/outubro-rosa--numeros-do-cancer-de-mama-e-cuidados.aspx
16:56:00

Lesão de menisco

by , in
Foto: Globo Esporte¹

Já não é segredo algum, que os joelhos são uma das partes do corpo que mais sofrem com as lesões durante a corrida e a lesão de menisco, é mais uma a assombrar a vida dos corredores.

Os meniscos são estruturas cartilaginosas e em cada joelho possuímos dois, o menisco medial, que fica na parte interna e o menisco lateral, que fica na parte externa. Por ser maior, o menisco medial é também o que esta mais propício a lesões, tanto, que sofrem com lesões cerca de 3x mais que o menisco lateral.

Os meniscos são fundamentais para a biomecânica da corrida, pois agem nos joelhos “como lubrificadores, estabilizadores, amortecedores e distribuidores de carga dentro da articulação. As fibras de colágeno de tecido dissipam as forças de compressão na articulação, reduzindo assim a força direta sobre a cartilagem articular”².

Entorse do joelho é a principal causa da lesão de menisco, por isso é uma lesão muito comum em esportes onde a rotação do joelho é muito exigida, o lado bom, para nós corredores, é que esse tipo de situação acontece com pouco frequência dentro da corrida. Por outro lado, a lesão de menisco se torna comum na corrida, em especial em atletas após os 40 anos, devido ao microtrauma de repetição, ou seja, o desgaste ocasionado pelo envelhecimento e impacto repetitivo do mesmo.

Os principais sintomas apresentados são inchaço dos joelhos e limitação de movimentos, além de dores na região, que podem apresentar períodos mais ameno e períodos de dores mais intensas, principalmente ao realizar movimentos como agachamento e flexão da perna.

Na fase inicial da lesão, o tratamento, geralmente, é feito de forma conservadora, através da fisioterapia e utilização de analgésicos, anti-inflamatórios e compressas de gelo. Até pouco tempo atrás, em casos mais brandos, o tratamento utilizado era apenas a meniscectomia, uma cirurgia para retirada da parte lesada do menisco. Hoje, já são utilizadas também outras formas de tratamento, como a viscossuplementação que “consiste nas injeções intra-articulares de ácido hialurônico, que é o mesmo componente que já existe no líquido sinovial de uma articulação saudável”¹. Além disso, com o aprimoramento das técnicas de vídeo-artroscopia, foi desenvolvida a técnica de reinserção meniscal, em outras palavras, a técnica devolve o menisco no lugar onde estava antes da lesão.

O fortalecimento dos músculos e utilização de tênis adequado para a corrida, são sempre meios de prevenir lesões e no caso da lesão de menisco, isso não foge à regra, isso porque com a musculatura fortificada e calçados corretos, os joelhos tendem a sofrer menos com o impacto e consequentemente, sofrem menos desgastes.

Apesar de conhecermos um pouco sobre a lesão, nos primeiros sintomas o médico deve ser consultado para diagnóstico correto e início de tratamento, se necessário, essa sem dúvida é a forma mas eficaz de se livrar da lesão e retornar à corrida o mais rápido possível. 
_______________________
Referências:

Instagram