18:17:00

Minha corrida inesquecível

by , in


Todos nós, em tudo o que fazemos, temos alguns momentos que se tornam inesquecíveis, principalmente e especialmente quando estamos fazendo aquilo que tanto amamos e nos dá total satisfação e prazer em fazer. 

Mesmo sendo relativamente novo nas corridas de rua, já possuo minha corrida inesquecível, foi em Salvador (BA), no dia 14 de junho de 2015, agora conto o porque desta ter sido a minha corrida inesquecível.

Eu sou baiano e moro no estado de São Paulo a pouco mais de 8 anos, longe dos meus pais a pouco mais de 10 anos. Sempre fui apaixonado por esportes, mas conheci o mundo da corrida e comecei a me apaixonar por ela, quando já morava no interior do estado de São Paulo. Durante muito tempo pratiquei meus treinos e participei de provas sozinho, nunca me importei, na verdade isso também tem alguns benefícios. Sempre busquei motivar toda a minha família a desfrutar do prazer da corrida, alguns primos e tios também correm e fomos nos motivando um ao outro mesmo que virtualmente.

Meu sonho sempre foi correr uma prova em minha terra natal, não necessariamente na minha cidade, mas no estado da Bahia. Durante o mês de junho de 2015 tirei férias e fui reencontrar a minha família, pesquisei algumas prova e encontrei a Meia Maratona da Caixa, que seria realizada em Salvador, não perdi tempo e chamei alguns primos e tios para participarem, logo eles abraçaram a ideia e começamos a organizar todos os detalhes, com direito a camisa personalizada do grupo de corrida da família, Running Club Lima's.

Acabou que a participação na prova se restringiu a mim e mais dois tios. Porém, alguns familiares foram nos prestigiar, também uniformizados. A chuva fraca, a vista da praia, pessoas animadas e sentimentos a mil, o clima da corrida não poderia ser melhor. Com tudo isso o tempo era o que menos me importava ali e assim foi dada a largada. Foi dada a largada para aquela que veio a ser a minha corrida inesquecível, por ser a minha primeira corrida “em casa” e com a minha família. Acabei fazendo o meu melhor tempo nos 10 km, tempo que vim a melhorar posteriormente. Nos metros finais me deparei com meus pais, minha avó e minha irmã aguardando a minha chegada, foi uma emoção que não deu para segurar e após cruzar a linha de chegada as lágrimas rolaram, demonstrando a minha felicidade em fazer o que amo, no local que amo e com as pessoas que amo. 


Thiago Lima


Se você tem uma corrida inesquecível e deseja compartilhar, me mande sua história. E-mail: corridanossadodiaadia@gmail.com.

15:36:00

Ativo.com lança aplicativo para celular

by , in

Aplicativo gratuito disponibiliza inscrição, resultado e fotos das provas, calendário
de eventos e todo o conteúdo do portal Ativo

O portal Ativo.com lança nesta semana o seu aplicativo oficial, “Ativo – Pratique Esporte”, que oferece uma série de facilidades e conteúdos exclusivos aos atletas. Disponível para aparelhos com sistema Android e iOS (basta procurar por “Ativo”),a ferramenta é gratuita e traz informações sobre todas as provas do Brasil de corrida de rua, corrida de obstáculo, ciclismo e triatlhon.

Por meio do aplicativo, os atletas podem fazer a inscrição nos eventos, verificar os resultados de provas, visualizar suas fotos e também consultar o histórico de compras realizadas.

A ferramenta ainda facilita o processo de retirada de kit das provas, já que o atleta não precisa imprimir o comprovante. A validação da inscrição é feita por meio da apresentação de um código de barras diretamente na tela do celular ou tablet.

“O aplicativo que estamos disponibilizando é uma importante ferramenta para os internautas do portal porque permite o acesso a diversas informações de forma fácil e ágil”, afirma Luís Aurélio Sampaio, diretor-executivo da Norte Marketing Esportivo. “Nosso objetivo é centralizar os serviços e, dessa forma, ajudar o atleta em todas as etapas que giram em torno de um evento”, completa.

Além das facilidades acima, os usuários da ferramenta vão ter acesso a todo o conteúdo do portal, com matérias sobre diversos esportes, saúde, nutrição, além de vídeos e dicas de treinamento. Segundo Luís, o aplicativo deverá ser atualizado e melhorado constantemente, com a inclusão de novas informações e serviços.

Para maiores informações acesseo site: www.ativo.com/app
18:12:00

Treinos de Corrida

by , in
Foto: O2 Por Minuto
É bem verdade que para correr basta calçar os tênis e sair por ai explorando as ruas ou os parques da cidade. Porém, se o que vocês desejam é uma melhor performance, seja no tempo ou na distância, provavelmente sair por ai apenas, não será suficiente, principalmente a longo prazo.

Focado nessa melhora de desempenho, foram desenvolvidos, ao longo dos tempos, muitas técnicas diferentes de treinamento, cada um com uma função e um objetivo específico e geralmente, um treino é complementar ao outro.

Dentre os mais variados tipos de treinos, os mais comuns e mais utilizados são: 

IntervaladoO treino intervalado, é um dos mais utilizados pelos corredores e também um dos mais desgastantes devido a alta intensidade exigida. “Este tipo de treinamento é constituído por períodos de estímulos e recuperação, que são determinados para aumentar a resistência anaeróbia, com intensidades bem acima das praticadas em uma prova de corrida”¹. A principal vantagem desse treinamento é o fato de preparar o atleta para um final de corrida mais intenso. 

FartlekO fartlek é uma palavra sueca que significa brincar de correr. Neste treino não tem um ritmo, nem local, nem distância definida, o objetivo aqui, é fazer com que o corredor corra livre, mas alternando a intensidade das passadas. Isso, aliado com os diversos tipos de percursos, como subida, reta, descida, pode trazer um melhor condicionamento, performance, força e velocidade. 

LongãoO queridinho de muitos, o longão, geralmente é realizado durante os finais de semanas. É um treino com um pace um pouco mais lento, mas que tem como objetivo, alcançar a maior distância possível, visando a adaptação do corpo para provas mais longas. “Esse treinamento ensina a queimar corretamente a gordura corporal e aprender a poupar os estoques de glicogênio”². 

ProgressãoComo o próprio nome sugere, esse é um treino que tem uma progressão de velocidade com o decorrer do treino. Geralmente se inicia com um ritmo leve, seguido de um ritmo moderado e por fim, um ritmo mais forte. 

Regenerativo O regenerativo, também conhecido como treino de recuperação, é um treino mais leve, geralmente realizado nos dias após as provas ou treinos mais pesados. O seu principal objetivo é recuperar o organismo para um novo estímulo mais forte. O treino regenerativo é realizado também através de outros esportes, como ciclismo e natação. 

Tempo RunEsse tipo de treinamento é realizado com a intensidade que o corredor deseja impor durante a prova para a qual está se preparando, porém com uma zona de segurança, a fim de evitar desgaste excessivo. Esse treinamento é normalmente utilizado como parâmetro para a corrida, fazendo a avaliação completa do atleta. 

A preparação para uma corrida requer um certo tempo, muita dedicação e muito cuidado. O acompanhamento profissional é sempre fundamental, principalmente por ele saber alinhar o treinamento necessário com os seus objetivos e atuais condições físicas. Além do mais, são capazes de trazer estímulos necessários para a continuidade da atividade, evitando que o atleta caia na mesmice ou acabe desanimando. Busque um profissional, busque o treino adequado e vá sempre em busca do seu melhor.

_____________________________________________________
Referências:

Foto: https://o2porminuto.ativo.com/planilhas/

11:51:00

Corredor: Uma metamorfose ambulante

by , in

Ah as mudanças, são tantas que muitas vezes nem percebemos. Somos sem querer uma metamorfose ambulante. Estamos sempre mudando, desde mudanças de opiniões, gostos, sonhos, pensamentos e objetivos, a até mesmo as mudanças físicas, mudamos de cidade, de casa, engordamos, emagrecemos e assim segue a vida.

Em meio a tantas mudanças, a corrida não tem como passar ilesa. São mudanças a todo momento. Hoje tá frio, amanhã tá calor, um dia é treino na rua, outro dia no parque, um final de semana é corrida de trilha e no final de semana seguinte é na praia. Por mais simples que sejam e por mais acostumados que estejamos com essa rotina, não deixam de ser mudanças e nós temos que nos adaptar e readaptar a todos os momentos, a cada nova mudança.

As mudanças pessoais e profissionais podem (e provavelmente irão) interferir diretamente nas práticas esportivas, muitas vezes precisamos nos adequar a um novo local de treino, a um novo horário, novos ambientes, novas companhias, etc., e isso serve muitas vezes para nos preparar para as diferentes corridas que enfrentaremos pela frente. Afinal, quem não sonha correr em outras cidades, outros estados, ou até mesmo em outros países? Pois é, mudanças são necessárias sempre e nos preparam para um futuro qualquer.

Mudanças muitas vezes pode significar coisas boas, como por exemplo, o nosso desempenho vai além do que esperávamos, fazendo assim com que possamos fazer novos planejamentos e metas mais otimistas para os próximos treinos e corridas. Por outro lado, uma lesão pode trazer mudanças negativas para os planos e metas, atrasando muitas vezes a nossa planilha de treino ou fazendo com que aquela corrida tão sonhada fique para o próximo ano.

Vivemos em uma época em que as mudanças são inevitáveis, positivas ou negativas, imperceptíveis ou drásticas, acontecem a todo momento, temos o privilégio de praticar um esporte de fácil adaptação e que traz benefícios independentes das condições climáticas, lugares, horário, etc., só não exagere para não acabar tento uma mudança desagradável e forçada, no mais se adapte e readapte sempre, só não pare de correr.


Thiago Lima
13:05:00

Exames médicos

by , in
Foto: Globo Esporte¹

É simplesmente triste e lamentável notícias como as que vimos nas últimas semanas, em Porto Seguro e Campinas, de que atletas chegaram a óbito correndo, pessoas que estavam acostumadas a correr. Isso nos mostra cada vez mais a fragilidade do ser humano e que isso, é algo que pode acontecer com qualquer um, a qualquer momento, é com diz aquele ditado “para morrer basta estar vivo”. 

Perante toda essa situação, reforça ainda mais a necessidade do acompanhamento profissional e mais do que isso, o aval médico para a realização das atividades. Não que isso vá livrar ninguém de nada, nem mesmo de uma simples lesão, mas é a maneira mais prática, eficaz e segura de tentar evitar qualquer tipo imprevisto.

Por isso, é importante ficar atento em alguns exames que são fundamentais para a realização de atividades físicas e outros que embora não sejam obrigatórios, podem ajudar e muito o desenvolvimento das atividades.

Exames Fundamentais: 
  • Anamnese – Que é praticamente um bate-papo entre médico e paciente, onde o médico busca identificar os hábitos e histórico do paciente. 
  • Ergométrico – O teste ergométrico é realizado em esteira ou bicicleta ergométrica e é um dos principais exames que devem ser realizados antes de iniciar a prática esportiva. Isso porque através dele é feita a medição da pressão arterial, frequência cardíaca e contratilidade do coração durante e após o esforço. 
  • Eletrocardiograma simples (ECG) – Trata-se de um exame realizado em repouso que visa registrar a variação de potenciais elétricos originados da atividade cardíaca. A sua principal função é identificar possíveis alterações no ritmo e frequência cardíaca, além da contratilidade do coração quando em repouso. 

Exames complementares: 
  • Ecocardiograma - O ecocardiograma é uma espécie de ultrassom do coração, que busca obter informações do coração, como o seu tamanho, forma e o trabalho das válvulas e câmaras. Através desse exame é possível identificar áreas do coração que não estejam contraindo de maneira adequada devido ao pouco fluxo de sangue e até mesmo identificar lesões provocadas por ataques cardíacos anteriores. 
  • Metabólicos – Os exames metabólicos são os exames de sangue e entre os mais importantes para o corredor estão: hemograma, glicemia, colesterol, sódio, potássio, cálcio, magnésio, ureia, cretina, T4livre e TSH. Esses exames ajudarão a certificar a presença de anemia, diabetes, colesterol alto, desequilíbrio muscular, função renal e da tireoide. Todos esses são fatores importantes e que podem influenciar diretamente no desempenho e rendimento do atleta. 

Exames adicionais: 
  • Ergoespirométrico – O teste também conhecido como cardiopulmonar, é realizado da mesma forma que o teste ergométrico, porém com uma máscara no rosto, que detectará os gases emitidos. O objetivo deste exame é detectar o consumo máximo de oxigênio (VO2 Max) e o limiar anaeróbico, que ajudará a indicar as zonas ideais para os treinos de corrida ou demais exercícios aeróbicos.
  • Teste da pisada – Geralmente é realizado em uma esteira e assistida por alguns equipamentos eletrônicos que ajudarão a identificar o tipo de pisada do corredor. 
  • Cinemático - Este exame também é realizado, geralmente, na esteira, o atleta tem a sua corrida filmada, para em seguida ser avaliada a angulação dos pés, joelhos, quadril e coluna, para assim poder realizar, se necessário, adequações do movimento na corrida. 

Além dos exames, é importante também o acompanhamento profissional de um educador físico, que orientará o atleta nas atividades, evitando o excesso de carga e treino. Um nutricionista que indicará a alimentação adequada e voltada para o objetivo do atleta. Podemos citar ainda vários outros profissionais, que poderão ajudar em diversos momentos da atividade, como fisioterapeuta, ortopedista, entre outros.

A indicação médica, é de que esses exames sejam realizados por todas as pessoas, pelo menos uma vez por ano. No caso de pessoas que praticam atividades físicas essa necessidade torna-se ainda maior, devido aos esforços gerados nas atividades, o monitoramento da capacidade do organismo é fundamental. Nunca temos a garantia de nada e é impossível prever o futuro, de toda forma, todos esses exames e acompanhamentos profissionais são apenas uma forma de tentar minimizar os riscos e garantir uma vida mais saudável e segura.

Gostaria de deixar os meus sinceros sentimentos a todas as famílias e amigos de todos esses ex-corredores, que foram vítimas de tamanha tragédia.

____________________________________________________
Referências:

1 - http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2013/11/saiba-quais-exames-devem-ser-feitos-antes-de-praticar-uma-atividade-fisica.html

https://o2porminuto.ativo.com/corrida-de-rua/saude/exames-para-comear-a-correr-2223/

http://www.suacorrida.com.br/saude/exames-para-comecar/
12:46:00

Correndo no frio

by , in


O frio chegou de vez e junto com ele vem a preguiça, indisposição, vontade de ficar em baixo da coberta com chocolate quente ou um balde de pipoca vendo um filme, certo? Muitos diriam que sim, que é exatamente assim. Mas observando os diversos grupos de corrida que participo nas redes sociais, posso dizer que para maioria dos corredores é completamente ao contrário, então vamos recomeçar. 

O frio chegou e junto com ele veio a disposição, melhor performance e desempenho. Para parte dos corredores essa é a melhor época do ano para correr e buscar bater aquele velho RP (recorde pessoal), isso porque no frio a sensação de cansaço parece menor.

A corrida, durante os dias mais frios, pode trazer alguns benefícios ao corpo, como a redução de gordura, uma vez que para atingir o esforço necessário o consumo de energia se torna maior. Além disso diminui o risco de desidratação, já que o corpo passa a fazer menos uso da sudorese para equilibrar a temperatura corporal. Porém, no frio também existem riscos, principalmente devido ao enrijecimento muscular que a baixa temperatura provoca. No entanto, ai vai algumas dicas que podem potencializar os benefícios e diminuir os riscos:

1. Vestimenta 
Agasalhar-se bem é fundamental, portanto muita atenção na hora de escolher as roupas, já que em questão de minutos o corpo tende a esquentar. Na pesquisa sobre o assunto, encontrei muitos sites dando dicas para utilizarmos várias camadas de roupas e retirar aos poucos conforme a elevação corporal. Porém, para a grande maioria de nós isso se torna muito complicado, pois não teremos onde guardar as roupas que tiramos e levar todas na mão é algo que nem consigo pensar. No entanto, busque escolher roupas mais leves, que possa aquecer o seu corpo por um determinado tempo e em seguida poderá ser amarrada na cintura, por exemplo. Cores escuras também são boas opções. 

2. Hidratação 
Com a baixa temperatura a sensação de sede é muito menor, além disso a sudorese também é menor, porém, a hidratação ainda é fundamental e deve ser realizada normalmente antes e após os treinos. Durante os treinos a indicação é de que a hidratação seja realizada a cada 20 minutos aproximadamente. 

3. Aquecimento 
Assim como no calor, o aquecimento é de fundamental importância antes da corrida, porém, é provável que no frio seja necessário um aquecimento por um período maior. O aquecimento ajuda a preparar o corpo, principalmente os músculos, para o esforço necessário exigido pela corrida e ajuda também na prevenção de lesões. 

4. Alimentação 
Durante os dias mais frios é comum passarmos a comer mais e principalmente mais alimentos calóricos e gordurosos. Isso ocorre porque durante esses dias, o corpo passa a gastar mais energia para manter a sua temperatura. No entanto, o cuidado com a alimentação se torna ainda mais importante para evitar os quilinhos extras e garantir o bom desempenho durante os treinos. Ta aí mais um motivo para correr no frio. Buscar o consumo de alimentos saudáveis e menos calóricos é o ideal em qualquer dia do ano e nos dias mais frios isso não se torna exceção. 

5.Proteja a pele 
O vento gelado podem trazer muitos danos para a pele, no entanto protetor solar e labial se tornam indispensáveis, mesmo nos dias sem sol. É importante também proteger as extremidades do corpo, cabeça, mãos e pés, merecem muita atenção, por isso vale apena investir em gorros, luvas e meias grossas. 

Nos grupos de corrida, nas redes sociais, passei a perceber e entender que não existe “tempo ruim” na corrida, todo dia é um bom dia para correr, faça chuva ou faça sol, faça calor ou faça frio, de manha, a tarde, a noite ou até mesmo de madrugada, a todo momento tem alguém calçando um tênis e saindo feliz para correr.

______________________________________________________
Referências:
http://www.treinosacademia.com.br/os-beneficios-de-treinar-no-inverno/
http://www.vo2corridaderua.com.br/Dica/como-treinar-no-frio
http://www.suacorrida.com.br/treino-wrun/dicas-para-correr-no-inverno/
http://www.sportlife.com.br/corrida/correr-no-frio-dicas
https://o2porminuto.ativo.com/corrida-de-rua/iniciantes/7-dicas-para-correr-no-frio/

Instagram