O bom é relativo

by , in

Tudo na vida é relativo, o preço, o gosto, o bom, o ideal. Cada ser é dotado de gostos, sonhos e vontades peculiares, cada qual com aquilo que acredita ser o melhor para si, ou simplesmente que o completa. Muitas vezes, vivemos nos baseando naquilo que os outros fazem, querem ou compram, mas mal percebemos que isso são apenas singelas referências, visto que nem sempre o perfeito para um é o perfeito de todos.

O mundo da corrida não foge à regra. A cada dia surgem novos tênis e gadgets com tecnologias cada vez mais avançadas, que prometem uma melhor corrida e/ou acompanhamento da mesma. Isso, na minha opinião, é sim um ótimo avanço na corrida e podem trazer muitos benefícios para os treinos e corridas, porém, não fique preso apenas no mais caro, no que faz maior propaganda ou no mais novo, esses, nem sempre são os ideais para você. 

As empresas de calçados buscam a cada nova edição aprimorar os seus produtos, buscando sempre trazer mais conforto e melhor desempenhos aos atletas, porém, como disse acima, nem sempre o mais caro, o mais novo ou aquele tênis que todo mundo fala, a sensação do momento, será o ideal pra você. Cada pessoa tem um tipo de pisada, uma dinâmica de corrida, no entanto aquele tênis ideal para a maioria pode não ser o seu ideal.

O mesmo digo em relação aos gadgets, são tantos e tão inovadores que realmente dá vontade de ter todos, mas avalie um por um, veja se preenche os requisitos mínimos exigidos por você. Muitas vezes ficamos de olho naquele que foi lançado na última semana ou da marca X que é o mais famoso, mas que possui funções que até desconhecemos ou que jamais utilizaremos, enquanto outros mais velhos ou mais em conta, possuem as funções necessárias.

Acredito ainda, que esse mesmo conceito deve ser aplicados em todos os campos da corrida, como alimentação, suplementação, acompanhamento profissional e médicos em geral. Busque profissionais que te passem confiança, esclareça suas dúvidas com clareza e acima de tudo, seja humano o suficiente para fazer todo o acompanhamento e orientações adequadas.

Se pensarmos bem, devemos aplicar isso até mesmo nas próprias corridas. Afinal, são tantas corridas Brasil afora, e muitas vezes queremos participar da corrida X ou da corrida Y apenas por serem as mais famosas ou populares, sendo que muitas vezes não nos proporcionam uma infraestrutura que desejamos, um percurso ou até mesmo paisagem que gostamos.

Com tudo isso, não quero dizer que devemos optar sempre pelo mais barato, velho ou desconhecido, mas sim, que devemos fazer uma análise criteriosa de tudo. Pesquise, busque avaliações e opiniões, mas mais do que isso, teste, experimente e construa a sua própria opinião.

Overtraining

by , in
Foto: Rumo Certo¹

Para algumas pessoas, começar a correr pode ser meio torturante e desanimador, até que seja "mordido pelo bichinho da corrida”, daí em diante a situação se inverte, correr passa a ser essencial e indispensável, ao ponto de querer correr todos os dias, o máximo possível. Só que, o que muitos não sabem, é que isso também pode ser altamente prejudicial à saúde.

O excesso de atividades físicas, pode desencadear a síndrome da fadiga crônica, popularmente conhecida como overtraining, que ocorre quando o atleta pratica mais exercícios do que o corpo é capaz de recuperar, sem descanso e alimentação adequada, o quadro pode piorar trazendo inúmeros malefícios ao atleta.

Acredita-se que a gênese da síndrome de overtraining esteja diretamente relacionada com uma estratégia de treino denominada 'teoria da supercompensação', que se fundamenta no princípio da sobrecarga progressiva. Essa teoria afirma que as reservas energéticas gastas durante o processo de contração muscular são repostas apenas no período de recuperação, ou seja, de descanso”². 

Os sintomas mais presentes em atletas que apresentam quadro de overtraining, são:

  • Redução de performance; 
  • Quadro de estresse, depressão ou irritabilidade; 
  • Insônia; 
  • Recuperação mais lenta de lesões; 
  • Dores musculares constantes; 
  • Aumento considerável da frequência cardíaca, mesmo em repouso. 

A melhor forma de evitar o surgimento da síndrome é através da prevenção. Neste caso, como é indicado por todos os profissionais, o ideal é sempre intercalar as atividades da corrida com outras atividades de menor impacto, como natação ou caminhada leve, ou até mesmo um dia de descanso total, pois é justamente neste período que ocorre a recuperação e fortalecimento do corpo. Porém, isso ainda não é o bastante, é preciso ainda a realização de uma alimentação e hidratação correta.

Para o tratamento do overtraining, é fundamental a redução brusca das atividades ou até mesmo a interrupção delas, além disso, o acompanhamento de um médico, educador físico, fisioterapeuta e nutricionista, se tornam indispensáveis. 

A maioria de nós corredores, corremos apenas por prazer, assim, não tem a necessidade de levar o corpo a uma exaustão tão grande e prejudicial. Correr é sempre bom, mas correr com saúde é ainda melhor.


__________________________________________________
Referências:





Calendário de Corridas de Rua - Campinas e Região 2017

by , in
Atualizado em 31 de Dezembro de 2017

2017 foi um ano especial, com muitas corridas e repleto de conquistas, agora esta na hora de se preparar para as corridas de 2018. Link abaixo:

Running Pass 2017

by , in
Inscrições para corridas de rua ficam mais baratas com Running Pass

Plataforma permite ao atleta escolher suas corridas favoritas e montar um combo. Quanto mais provas, maior o desconto.


São Paulo, outubro de 2016 – A O2, maior organizadora de corridas de rua do país, oferece mais uma vez sua plataforma de descontos para 2017: o Running Pass.

Os descontos chegam a até 35%. A empresa oferece pacotes de corrida que funcionam da seguinte maneira: quanto mais corridas selecionadas, maior o desconto. Assim, o clube incentiva as pessoas a praticarem mais esportes e, consequentemente, serem mais saudáveis.

Entre as opções disponíveis, estão as provas mais emblemáticas da O2, como Circuito das Estações, Night Run, Série Delta e Circuito do Sol. Os combos variam de 2 a 8 eventos e podem ser adquiridos em pacotes fechados ou personalizados, ou seja, quando são montados pelo próprio atleta.

Além dos eventos de 5 km e 10 km, o Running Pass também contempla as provas de corrida de montanha e meias maratonas pelas quais a O2 é responsável.

Os pacotes podem ser comprados em até 4x no cartão de crédito. Assinantes do Clube O2 ganham mais 5% de desconto sobre o valor do combo. Para conferir essas e outras informações, acesse www.runningpass.ativo.com.



Treinão de corrida

by , in

Seja na vida pessoal ou profissional, a cada dia, a cada momento, precisamos nos superar, para assim alcançarmos novas metas e objetivos. No mundo da corrida não é diferente, treinamos e nos dedicamos o máximo possível, em busca sempre de novas conquistas e principalmente da superação, a autossuperação. 

E foi justamente a palavra “Superação” que marcou mais um encontro de corredores em Paulínia, no dia 30/10/2016. Desta vez, organizado pela Equipe Top Team, encabeçada pelo Professor Nilson Ventura, através da academia Templo Fit Paulínia, ofereceram aos atletas, tendas de recepção com frutas, sucos e água, no pré e pós treino, além de hidratação durante todo o percurso. 

Divididos em percursos de 3 km para caminhada e corrida de 5, 10, 15 e 21 km, cerca de 70 corredores de equipes diversificadas e corredores anônimos, partiram em horários diferentes, por percursos. Alguns em busca de mais um treino de velocidade ou longão de fim de semana, mas muitos em busca de superação. Muitos dos corredores presente realizaram a sua primeira corrida nos 10, 15 ou 21 km, alguns participaram pela primeira vez de um evento de corrida, mesmo que através da caminhada. 

Independente se a superação foi por conta do tempo, distância ou simplesmente pelo fato de ter acordado cedo e completado algo desejado, todos saíram felizes por terem alcançado os seus objetivos, aquilo que se propuseram a fazer.

Além de toda infraestrutura fornecida pelos organizadores, os corredores contaram também com a colaboração da NutriEnergy Paulínia, Wizard Idiomas, San Alinhamento e Balanceamento, Taqueo Frutas Celso e Giovana, Grupo de Corrida Jetlento e à Guarda Municipal, que foram sem dúvidas, apoios fundamentais para a excelente organização e realização de todo o evento. Colaboraram ainda na organização e apoio na hidratação o Paulo Sakanaka, Chaveiro Carlos, Sidney, Juninho 3D e o Bruno Vitorio.

Além de um bate papo saudável entre os corredores e troca de experiências, o encontro mostrou a todos, que no mundo da corrida, a superação depende apenas da força de vontade e muitas vezes de uma boa companhia para nos ajudar a seguir em frente e nos dar o ritmo necessário para cruzarmos a linha de chegada.

Instagram