quinta-feira, 9 de junho de 2016

Hidratação


Estima-se que cerca de 60 a 65% do corpo do ser humano é composto de água, só isso já seria fundamental para sabermos a importância da água em nossas vidas. A hidratação é imprescindível para todos e todos os dias, independente da prática esportiva ou não. Alguns estudos indicam que o correto é tomar diariamente cerca de 35ml de água por quilo do seu peso, em dias sem atividades físicas. Como durante a corrida a perda de líquido é muito maior que durante as demais atividades do dia a dia, a hidratação correta é fundamental antes, durante e após as corridas.

A falta ou a hidratação mal realizada pode ocasionar lesões como tendinites, cãibras, hipertermia, distúrbios digestivos, etc., além de maior fadiga e perda de desempenho. Acredita-se que “Uma desidratação imperceptível de 1% do peso do corpo, eliminado em água, diminui os desempenhos musculares e físicos em 10%.”¹

Com a hidratação correta o coração bombeia melhor o sangue, o corpo se mantém mais fresco e os músculos recebem a energia necessária para correr, consequentemente o desempenho tanto na corrida, como em qualquer outro esporte, tente a ser melhor.

Durante a corrida, a temperatura do corpo aumenta rapidamente e consequentemente, para controlar essa temperatura corporal, começamos a suar. Neste processo, além da perda de líquido, perdemos também sais minerais como o sódio e o potássio e temos também uma considerável redução da glicose. Esses, são elementos fundamentais para o bom funcionamento do organismo e são encontrados em boa quantidade nos isotônicos. Porém, segundo alguns profissionais a “hidratação apenas com água é suficiente na primeira hora, porque as reservas glicêmicas do nosso organismo são capazes de manter a glicemia sanguínea em níveis aceitáveis, mas após esta primeira hora, faz-se necessário a ingestão dos isotônicos.”²

Há sempre algumas diferenças entre uma orientação ou outra sobre a hidratação, mas em geral a quantidade e tempo estimado para a hidratação são: 

  • 500 ml duas horas antes da corrida; 
  • 250 ml cerca de 15 a 30 minutos antes da corrida; 
  • 200 ml aproximadamente a cada 20 minutos de corrida; 
  • 500 ml após a corrida. 

Fique atento, sede, fadiga e dor de cabeça podem ser sinais de desidratação leve. “Uma desidratação forte mostra sinais mais claros como: náusea, calafrios, batimento cardíaco acelerado, inabilidade de suar, e testa avermelhada.”³

Se prevenir e ficar atento aos sinais do corpo serão sempre as melhores maneiras de evitar desconfortos e lesões e consequentemente interrupções indesejadas nas corridas, então preserve-se e boa corrida.

______________________________________________________
Referências:

1 – http://www.kalenji.com.br/conselhos/como-hidratar-se-corretamente-a_22360
2 – http://www.saudemelhor.com/agua-ou-isotonico-antes-durante-ou-apos-as-corridas/
3 - http://saude.cardiomed.com.br/saude-e-nutricao/como-se-hidratar-na-corrida.html
http://www.suacorrida.com.br/nutricao-wrun/nao-se-esqueca-da-agua/
http://www.suacorrida.com.br/blog/a-importancia-da-hidratacao-p-david-homsi/
http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/nutricao/guia/apos-treinos-longos-isotonicos-sao-usados-para-repor-micronutrientes.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário