8° Desafio 28 Praias


No último sábado, 14/04, aconteceu em Ubatuba, o 8° Desafio 28 Praias e como de costume, a equipe Top Team esteve presente e mais uma vez conquisto pódio, com um 4º lugar no quinteto masculino. Dessa vez, a equipe participou com 23 corredores, divididos em quartetos, quintetos, meia maratonistas e maratonistas.

Não participaria da prova até semanas antes, porém, um grande amigo, Serjão, não pôde participar, devido a compromissos do trabalho, fui então, incumbido de substituí-lo. Por ser um quarteto e a competição contar com 5 trechos, alguém precisaria fazer 2 trechos, assim, aceitei o desafio de fazer o primeiro e o terceiro trecho. A alegria e expectativas eram altas, a ansiedade mais ainda, mas essa durou apenas até a hora da largada.

Acostumado a correr na rua, os 15 km do primeiro trecho, que eram apenas de trilha e um pouco de praia, foram absurdamente pesados para mim e no meio do percurso comecei a me perguntar: O que estou fazendo aqui? Porque aceitei essa loucura?

Essas dúvidas permaneceram por um bom tempo em minha mente, tentei me concentrar na corrida, tirar o foco dos kms que não passavam, admirando as maravilhosas paisagens que tinham no percurso, mas as subidas sem fim e as dores que comecei a sentir no estômago, fizeram com que as perguntas voltassem à minha mente. Me agarrei na força de vontade, como me agarrei nas cordas em algumas subidas, evitei que os tropeços em raízes e escorregões na lama se tornassem tropeços e escorregões em meu ânimo, busquei acreditar que da mesma forma como as paisagens compensavam o difícil caminho, o resultado final compensaria as dores e o esforço.

Meu tempo não foi nada bom e percebi que não seria a partir do 6º km, mas essa foi a menor das minhas preocupações, tinha que terminar, precisava terminar, pela minha equipe, que dependia disso para que continuassem, por mim, que precisava mostrar pra mim mesmo que seria capaz. Então, mesmo devagar, aos trancos e barrancos cheguei ao final, com o sorriso da minha amiga e companheira de equipe, Sandra Usuda, que seria a próxima a correr, me mostrando que tinha vencido a mim mesmo.

Mas isso não foi tudo, após completar os 15km, tive cerca de 40 minutos de descanso para mais uma vez voltar a correr, dessa vez foram 5km, em um percurso mais fácil e já conhecido por mim, mas o que não esperava era que o cansaço, que já me consumia, fizesse com que os 5 km parecessem 10 km. Porém, com um misto de corrida, trote, caminhada, sol, areia e mar, completei meu segundo trajeto do dia, dessa vez sendo esperado pela Maria Cristina, daí em diante era só agradecer a Deus, lamentar as dores e aguardar a chegada do último integrante da equipe, o Fábio Jacometto.

Apesar das dificuldades, como sempre, foi maravilhoso e gostaria de agradecer a minha equipe pelo companheirismo e paciência. Gostaria também de parabenizar os outros competidores Top Team, o quinteto do pódio, Edvaldo, Cícero, André, Valter e Paulo Sakanaka e os corajosos maratonistas Thiago e Ivo, os meia maratonistas Leo e Du e os participantes dos outros grupos, Elisângela, Lidiane, Aurora, Diego, Júnior, Danilo, Ricardo e Paulo e como sempre ao nosso professor Nilson Ventura por todo apoio, organização e incentivo, além claro, de todos os patrocinadores e todos que vieram nos dar suporte na corrida ou ficaram, mesmo de longe, na torcida por nós.

Talvez pareça drama em demasia para poucos kms, mas foi assim que vivi os kms mais pesados que enfrentei até agora e apesar de tudo, saí orgulhoso e feliz comigo mesmo e com uma promessa que jamais farei tal loucura novamente. Será?


10 comentários:

  1. Parabéns filho, parabéns a essa equipe maravilhosa. Perfeito...

    ResponderExcluir
  2. Muito bem narrado Thiago!
    Mais tenho certeza que volta.
    É da gente querer se desafiar e melhorar o que já fizemos.
    Fiz esse circuito 3 vezes e adoro faze lo.
    Parabéns por mais essa conquista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw Nilsao, muito obrigado por tudo, com o tempo as opiniões vão mudando rsrs, se me perguntasse domingo era certeza q não iria de novo, hoje, lembrando e vendo fotos já é mais fácil pensar no assunto kkkk

      Excluir
  3. kkk tben me questionei do mesmo jeitinho qdo fiz o terceiro treicho na parte norte em setembro do ano passado... parecia q estava ali pra morrer, orava orava o tempo todo e prometia a mim mesma q não voltaria mais... rss... Enfim, nós somos assim, guerreiros, desafiadores de nos mesmo e acredito sempre q estamos com a proteção de Deus!!! ������...

    Parabéns Thiago... e com certeza estaremos juntos novamente, seja no Norte no final do ano ou no sul o ano q vem.... ����������������������������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lidiane, parabens por suas conquistas tb. Nós realmente somos assim, na hora é ytudo da boca pra fora, rsrsrs.

      Excluir
  4. Show Thico, cabeça erguida sempre, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  5. Se prepara para os 21km no próximo ano, vamos em peso para este percurso meu amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe né Andrezão... Sempre falo que não vou mas na hora dá aquela coceirinha... rsrsrs

      Excluir

Instagram