Café com corrida


Presente nos restaurantes mais chiques ou nas casas mais simples, o café faz parte da realidade e do dia a dia do povo brasileiro e não atoa, é a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para a água, é o que garante pesquisas realizadas pela Associação Brasileira da Indústria e do Café (ABIC)¹.

Seja para despertar, dar ânimo ou apenas um momento de relaxamento, o café já faz parte da nossa cultura e muito mais do que um hábito, ele traz muitos benefícios, como aumento de energia, deixa o corpo mais desperto e o coração mais sadio. Além disso, funciona como um leve antidepressivo, uma vez que aumenta a ação da dopamina no nosso organismo. Apesar disso, para nós corredores, as vezes fica a dúvida: o café influência de alguma forma na corrida? A resposta é sim, “a substância promove efeitos fisiológicos que ajudam a melhorar a performance. Ela é rapidamente absorvida no trato gastrointestinal e é um estimulante suave que afeta múltiplos sistemas e órgãos”².

A cafeína estimula a contração muscular, gerando melhorias no desempenho dos exercícios, principalmente em corridas mais curtas, onde a intensidade tende a ser maior e por um período mais curto. Outro ponto positivo, é que a cafeína “eleva as taxas de ácidos graxos livres no sangue, ativa o efeito que poupa as reservas de glicogênio (combustível energético limitante em provas de resistência, ou maratonas). Levando ao aumento da resistência do corredor”³. Além disso, o café melhora  o foco e concentração e por ser uma bebida termogênica, acelera a queima de gordura.

Apesar dos benefícios, o café deve ser tomado de forma moderada, evitando assim o excesso, pois o mesmo pode trazer efeitos negativos para o organismo, como desconfortos intestinais, insônia, gastrite, etc., além disso, “embora não haja evidência consistente de efeitos adversos em um sistema cardiovascular saudável, alguns atletas – como os com doenças cardíacas pré-existentes, grávidas e aqueles que tomam certas medicações – devem limitar a ingestão de cafeína”². Para aqueles que já estão acostumados a tomar uma xícara de café antes das corridas, o indicado, é apenas que não seja tomado por um período menor que 30 minutos antes da atividade.

Com tudo o que vimos acima, podemos afirmar que na medida correta podemos unir duas paixões e ter um ótimo resultado. Boa corrida e um delicioso cafezinho a todos.

___________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram